5 tipos de vidro lindos e como fazer

5 tipos de vidro lindos e como fazer

Existem vários tipos de vidro no mercado e cada um deles tem uma utilidade para a decoração e mesmo como artigos de utilidade para o lar. Por essa razão é que muitas pessoas usam a sua criatividade para criar esses objetos ou mesmo reaproveitá-los.

Além de serem esteticamente bonitos, alguns desses tipos de vidro tem uma real função, hoje em dia de proteger, adornar e até mesmo criar belos efeitos de design de interior para a sua casa.

E se você é uma pessoa que gosta de saber mais sobre os assuntos relacionados à criação de objetos para o seu lar, é essencial que você saiba como fazê-los.

Por essa razão, recomendo que você leia este artigo até o final e descubra os 5 tipos de vidros lindos e como você pode fazê-los e ter em sua casa. E então vamos nessa?

  1. Vidro Serigrafado

Se você deseja projetar imagens em algum local da sua casa e quer o efeito dos tipos de vidro serigrafados, saiba que essa é uma boa escolha.

Encaixam-se perfeitamente em fachadas e coberturas, ou ainda, em cozinhas. O processo se dá com a aplicação de esmalte cerâmico no vidro. As imagens que você deseja formar são as mais variadas possíveis. Podendo conter mais detalhes ou mesmo ser chapadas.

É gravada por meio de uma tela de poliéster e em seguida aplicada na peça de vidro.

Recentemente o seu uso com cores opacas ou mesmo ainda com ilustrações foi popularizado para compor cozinhas bem arquitetadas, criando um efeito muito sofisticado e proporcionando uma sensação maior de conforto no ambiente.

  1. Vidro Craquelado

Os tipos de vidro craquelado são basicamente os vidros laminados que possuem uma lâmina interna de vidro temperado entre duas lâminas de vidro comum.

Seu uso é em geral para decorações, dando um aspecto mais ousado e diferente para o ambiente onde eles são instalados.

Para se produzir estes tipos de vidros, o vidro temperado que fica na parte interna é quebrado e os fragmentos ficam na película de plástico e entre as duas lâminas externas.

  1. Vidro acidado

Os tipos de vidro acidados tem uma opacidade acentuada, isso, combinado com as suas diversas possibilidades de cores o fazem ser uma das boas opções de decoração de qualquer casa.

Para se fazer o vidro acidado, é necessária a utilização de ácidos, e, se por acaso a produção desses vidros for de caráter industrial, permite uma grande variedade de formatos e cores.

De fácil limpeza, a sua superfície não acumula porosidade nem gordura.

  1. Vidro Jateado

Os chamados vidros jateados antigamente recebiam em sua produção jatos de areia, entretanto, atualmente, com o uso de produtos corretos, sua produção é feita através de pós que causam menos toxidade.

A sua desvantagem, é que comparado com o vidro acidado, ele não permite uma grande variedade de cores e pode acumular uma grande quantidade de poeira ou gordura.

  1. Vidro Impresso

O “vidro fantasia” como é conhecido entre os profissionais da área no Brasil, é parte componente de outros tipos de vidro, como o aramado. Mas, com o tempo, passou a ter o seu uso popularizado sozinho.

A sua popularidade e beleza como item de decoração para janelas internas ou mesmo para jardins se deve ao fato de ser translúcido. Ambos os lados do vidro podem conter desenhos, imagens, texturas etc. Essas impressões devem ser feitas ainda com o vidro quente.

Recebe ainda outros nomes, como “mini-boreal”, “canelado”, “estriado”, “quadrato” etc.

E agora, que você conhece quais os tipos de vidro que você pode adquirir, que tal escolher um para compor o ambiente da sua casa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *